sexta-feira, maio 29, 2009

Caderno transmontano

Apesar de correr o rumor de que por terras de Miranda o cérebro fica vazio, ainda se consegue fazer umas coisicas por lá. Como nem só de pássaros vive o Homem (pelo menos, eu), nos intervalos da laboração foi possível rabiscar umas coisas no caderno de folhas manhosas:

É inevitável a presença da fauna, quer sejam chapins, cobras-de-ferradura (que tive o cuidado de não expor aqui o desenho a bem de alguns leitores mais impressionáveis), águias de braço ao peito (ou, juntamente com a velhinha a quem demos boleia, as boas acções para os próximos 2 meses) - nem aqui me livro do meu trabalho convencional.

Lá, os dias parecem dilatar, tantas são as coisas que se consegue fazer (ou talvez porque se corte forte e feio nas horas de sono). Quando regresso, parece que foi um instante que passou. Regressar a Lisboa na hora de ponta também não ajuda nada à re-adaptação ao meio urbano. Blherque!

Toda esta actividade foi sempre intercalada com mini-sestas no banco reclinado do QI ou deitado na manta a comer a bela da talhada de melão enquanto se admira o porte de alguns sobreiros (a cadela Mora é um castro laboreiro para ter noção da escala).

Felizmente, o próximo capítulo é já o "Caderno Berlengueiro"!

6 comentários:

Flicts disse...

Os leitores mais impressionáveis agradecem :)

Parece que foram uns dias bem descansados. Viva a inveja!! ;)

S. C. disse...

Os herpetófilos sentem-se postos de parte :(

Belos desenhos como de costume!

Fábia disse...

o que estás a insinuar com "fica-se com o cérebro vazio no Nordeste"?????????????????? :)

Taxonomys disse...

Quanto a esse futuro (mais que perfeito), uma perguntinha deveras inocente, eheheheh... Só aqui entre nós... Vais optar por começar um caderno novo ou... Vais optar simplesmente por acabar os desenhos começados o ano passado na ilhota?

:p

Abraço... E poucos enjoos...

Fuzhong! disse...

Fábia:

Estou só a reproduzir uma boca (injusta, obviamente) que alguém me lançou enquanto lá estava.

Reacções? ;)

pqt disse...

Já respondeste ao solicitado??

Não!!!

Vazio então. Vaziínho. Mais do que isso. Exangue, exaurido entre outras considerações.