quarta-feira, novembro 17, 2010

A mini-travessia do deserto

O PCR que não funciona há meses, por mais variações e adapações da técnica feitas, extracções mecânicas, a frio, a quente, químicas ou enzimáticas, não havia maneira de aparecer uma hélice que fosse de DNA.
A multa que levei a semana passada, que me fez perguntar onde andavam os senhores guardas Cerôdios quando, aqui há uns anos, me assaltaram o carro à porta de uma esquadra. Passar uma puta duma multa tudo bem, nem dá trabalho e é mais dinheiro angariado para o baile da polícia, agora apanhar ladrões, meliantes e delinquentes é que está quieto.
Os trinta milhões de coisas que já foram feitos na nova morada e os outros tantos que faltam fazer, sempre com a banda sonora progenitora de fundo "esta casa é horrível", por vezes intercalada com "esta casa é horrorosa" e também com o hit "nesta casa é tudo uma porcaria".
O carro, que foi para a revisão e inspecção, e que me fez chegar ao telemóvel um orçamento prévio que me deixou caído no chão, com tímpanos derretidos, retinas implodidas e a ameaça de um buraco negro na conta bancária.
Mas eis que se vislumbra um oásis ao fundo do deserto...
A PCR, graças às preciosíssimas amostras positivas da doutora You know who, começou hoje a funcionar em pleno, a debitar lindas, gordas e reluzentes bandas de 800 pares de bases, evidenciadas por um gel de agarose cuidadosamente preparado.
Quando pensava em chamar uma ambulância no momento de pagar a conta do carro - na oficina informaram-me ter um desfibrilhador - fiquei a saber que o valor era menos de metade. Foi um reencontro cheio de emoção, dois dias sem estar com o meu carro custaram. Foi ver-nos sair disparados estrada fora, contornando rotundas e viaturas alegremente, enquanto afagava carinhosamente o volante. Mesmo assim, ainda custou.
A casa está quase, quase pronta e afinal até tem boas áreas, muita luz e outras qualidades várias.
A multa? Olhem, fodeinde-vos, que vos faça muito proveito.
Agora, vamos ver o que há por detrás das primeiras palmeiras do oásis.

3 comentários:

S. C. disse...

Bem, na minha casa nem tudo é uma porcaria, mas devo dizer que os ecos progenitores continuam :S
Ou é a roupa, ou é assim ou é assado ...

Vera Codices disse...

Se a minha vida dava um filme, diria que a tua dava uma trilogia!!!! But thank you God that the PCR is going WELL!!!!! That doctor must be a very nice person to give you super-positive samples!!!!! :)

Carduelis disse...

Os ares do norte fizeram-te muito bem!
Gostei particularmente da parte do Fodiede-vos! Está bonito! Para a próxima é baterze-lhes com muita força quando tiveres lá uma multinha!