terça-feira, julho 08, 2008

A realidade é mais estranha que a ficção

Sem dúvida. E garanto-vos que depois de ver o os duendes a tocar "Vicky, o pequeno Vicking" o meu conceito de realidade teve de ser revisto.
Estava eu bem cedo esta manhã na Decathlon e apesar de só precisar de uma coisa, é certo e sabido que trouxe mais duas. Enquanto esperava pela minha vez na caixa, pus-me a observar o conteúdo do carrinho:
  1. caixa plástica de arrumação com montes de compartimentos para coisas de pesca (só 6,90 euricos);
  2. caixa com minhocas (ou mais correctamente, poliquetas. Mas como são todos anelídeos não faz mal);
  3. chapéu (após as últimas saídas de campo ou o chapéu encolheu ou a cabça inchou - esta será a hipótese mais provável já que o meu activo e prspicaz cérebro precisa de espaço para se expandir);
Qualquer outra pessoa que terá passado por mim, chegaria à seguinte conclusão: "pescador!" e se bem que, graças à pesca de Julietas na Comporta e de pirilampos na Adraga, não seja inteiramente mentira, o que é certo é que a realidade é muuuito mais estranha que a ficção. Porque neste preciso momento:
  1. a caixa de arrumação está cheia de material de desenho, permitindo-me fazer inveja aos demais morcegos pelo meu atelier portátil;
  2. as minhocas já estão nas barrigas dos sapos, do axolotl e do Paramesotriton;
  3. o chapéu já está a postos para uma incursão a Elvas e quiçá, para pesar corujas-das-torres;
Se as outras pessoas soubessem...

2 comentários:

S. C. disse...

Ainda tentei coisas dessas.
Mas depois do cheiro nauseabundo que descobri que deixam depois de mortas e da minha respectiva incapacidade de pensar sequer em comida nos próximos dois dias, fiquei-me pelas das terra e pelos asticots.

João Carvalho disse...

É assim mesmo! Toca a mistificar esses tansos todos da DECATHLON... Eu próprio hoje, em pleno Estio, fui lá dar um arzinho da minha graça a arrecadar material para a neve... Toca a por aquelas cabeçinhas a fervilhar!!!

LOLOLOL

Quanto a chapéus... Só posso relembrar aquele ditado que diz que «Cada um enfia a carapuça que merece»...

^-^