terça-feira, dezembro 16, 2008

O homem dos mil ofícios

Entre as minhas vastas e reconhecidas capacidades, todas exercidas com mestria e habilidade, junta-se mais uma, que é... (rufam os tambores)... inspector oficial de sopa!
Tudo porque umas meninas encontraram uns OFNIs (Objectos Flutuantes Não Identificados) na tigela da sopa e vieram, movidas pelo pânico e asco de ter comido coisas não-comestíveis, perguntar o que era aquilo.
Claro que me diverti imenso, não só quando tentava conter o riso quando ia tecendo o meu diagnóstico - não, não são fios de feijão branco, parecem mesmo larvas de um insecto qualquer - e as moças oram iam ficando brancas, verdes, às riscas, tentando conter o vómito - sim, porque já tinham levado à boca duas colheradas daquela mixórdia - mas sobretudo quando andei o resto do dia, sorriso sádico mas simpático nos lábios, a perguntar a toda a gente se tinham comido sopa ao almoço.
Mas que exagero, também eram só uma dúzia de larvas, tenras e rosadas... por tigela de sopa!

5 comentários:

Carduelis disse...

O que não mata engorda!!
Era só o q precisavas de dizer.. As miudas até saiam com outra cara dali!

Mesmo dr Veneno, ou Dr Larva!

pqt disse...

Ó Carduelis, temos de o convidar para uma temporada aqui. De facto não tem jeito o rapaz. Perde oportunidades umas atrás das outras.

Ó FUZUONGUE, dizias que eram especiarias afrodisíacas. Perguntavas logo se já não sentiam a libido a soltar-se. Atira-te caraças.

Bem, tenta para a próxima.

pedrocardialopes disse...

Olá,

Preciso do teu e-mail, pois descobri um artigo sobre a técnica de recolha de sangue de aves usando um insecto hematófago dentro de um ovo (falso).

Um abraço,

Cardia

Fuzhong! disse...

Provocações e alusões a relações menos próprias à parte, informo os senhores morcões coimbrões que entrei oficialmente de férias.
Se me quiserem desafiar para expedições ornitológicas (e gastronómicas também, obviamente) e ver do que sou capaz estão à vontade :)

pqt disse...

Vinde, vinde, mas trazei o que lhe tenho pedido.

Por coincidência, tambem estou de férias e sou capaz de já esta sexta efectuar uma expedição ao Buçaco, para retribuir tão nobre visita de investigadora residente a sessão de anilhagem pelos baixos campos do Mondego.

Quereis vir, caro amigo veterinário?