sábado, agosto 15, 2009

Guia de Campo Sueco (parte II) - as cadernetas de cromos

Parece-me que há aqui uns senhores ques estavam à espera era deste assunto. Pelo menos, tenho impressão que alguém me vai pagar umas jolas em Mértola... Temos então:


Caderneta das espécies novas observadas:
Rana temporaria (ou acham que andei só de olho nos pitos?)

Alces alces - fêmea e cria;
Rangifer tarandus - uma manada lá no alto da montanha;
Castor fiber

Gavia stellata
Gavia arctica
Bucephala clangula
Mergus serrator
Cygnus cygnus
Calidris temminckii
Phalaropus lobatus
Sterna paradisaea
Sterna caspia
Picoides tridactylus
Parus montanus
Lanius excubitor - atenção que cá temos é o L. meridionalis!
Hippolais icterina
Carduelis flammea

Mas também houve observações excelentes de grous, açores, brigas entre esquilos, chapins e trepadeiras e muito mais.


Caderneta das espécies novas anilhadas:

Gallinago gallinago
Calidris temminckii
Turdus pilaris
Turdus iliacus
Phoenicurus phoenicurus
Hippolais icterina
Sylvia curruca
Fringilla montifringilla
Carduelis flammea

(já repararam que foi preciso ir quase ao Pólo Norte para ter na mão alguns destes bichos? É sinal que algumas pessoas por cá não estão a trabalhar bem...)



Vá, identifiquem vocês os bichos que conseguem. E porque é uma trabalheira estar a pôr legendas em tudo. Para além destes, assim mais xpto, houve fartura de Luscinia svecica, Carduelis spinus, Phylloscopus trochillus (yack!) e Emberiza schoeniclus, tendo sido possível aprender e discutir muita informação sobre os mais variadíssimos aspectos dos bichos (incluindo aquele mistério insondável, perdoa-me HRC, que é a muda dos passeriformes. Mas isso é uma história para outro post).

5 comentários:

pedrocardialopes disse...

Olá!

Atão em Tourém (RIP) não anilhaste nenhuma Gallinago gallinago?

Continuação das boas férias!

Pedro

PS: as tuas fotos não dão para perceber se na Suécia também existem "huge tracts of land"...

Fuzhong! disse...

Não, já viste o que eu penei?

PS: na verdade, existem muitas "huuuge tracts of land...", principalmente em Estocolmo.

Erica disse...

Isso de andar de olho no pitos não soa lá muito bem...

S. C. disse...

Não há cobras, nem suecas! Rãs, uma mísera!
Este blog desilude-me ;)

Fuzhong! disse...

Correcção SC, muitas rãs embora todas da mesma espécie. Só falharam mesmo as cobras :)