domingo, dezembro 09, 2007

De volta à Lagoa de Albufeira

Acordar a horas criminosas. Vestir-me como se fosse para a Antártida. Pensar que havia milhares de outras coisas para fazer a um sábado de manhã, estando no topo dessa lista dormir. Felizmente, pensamentos mais resmungueiros vão desaparecendo durante a manhã. A caminho, ainda se parou para pegar num trio de alunos, mercê dos projectos da faculdade.

Na lagoa não estava assim tanto frio - a temperatura é capaz de ter rondado os amenos 0º C - e durante a tarde até se andou de manga curta, o que só comprova que o microclima daquele local é mesmo estranho. Acho que foi das poucas vezes que estive na lagoa ainda de noite e poder ver o amanhecer entre rolos de nevoeiro, tentando evitar que caísse o nariz com o gelo.
Durante a manhã houve distribuição de anilhas a cerca de 60 bichos e retomou-se a recolha de caca. O saldo foi mais que positivo e tenho 3 cromos novos na caderneta: galinha-d'água (Gallinula chloropus), chapim-de-mascarilha (Remiz pendulinus) e escrevedeira-dos-caniços (Emberiza shoeniclus). Ainda houve tempo para piquenicar à sombra de um pinheiro, combater a lanzeirite que se começava a instalar e fazer umas prospecções por outras partes da lagoa para projectos futuros.
O dia foi passado em boa companhia do Sócio, da sua estagiária, do dr. Salinas (que teve uma série de peripécias para conseguir chegar ao ponto de encontro), da TSC (que alguém traduziu para Tarada Sexual Compulsiva), do meu homónimo e da Pintinhas, que sabiamente ficou a dormir até mais tarde mas que perdeu metade da diversão.



1 comentário:

Sócio disse...

Sócio.

Foi mesmo uma manhã bem passada e em boa companhia. Até eu (anilhador experiente e o máximo de pessoa!!!) tive direito a um cromo novo.
;-)

Faltou lá a minha cara metade e foi pena a Pintinhas ter perdido os cromos novos.

Abraços, Kisses e obrigado aos participantes.

P.S.: PQT - ainda não fiz anos mas também já tive o meu Remiz...