quinta-feira, janeiro 31, 2008

Que canseira de dia!

Anteontem fui acometido de uma constipação fulminante, com rios de muco a perturbar a execução dos PCRs e sequências de espirros a disseminar micróbios pela atmosfera. Entretanto, à custa de overdoses de anti-gripais e camiões cisterna de chá de limão com mel, ontem já me encontrava melhor.
Logicamente, o melhor programa para um doentinho convalescente fazer hoje, foi ter acordado às 6h30 para ir para o Samouco anilhar, com temperaturas polares, ventos cortantes e campos geados.
Com a presença de um ilustre convidado PeF, lá se marcou a custo uns passaritos durante a manhã, fez-se fotografias e, como é habitual, debateu-se acalarodamente as idades de Sylvia melanocephala e Saxicola torquata. Eu ainda tentei impingir uma raridade (um Anthus cervinus), mas ninguém me ligou.
Paragem obrigatória no Barrete Verde para comer um óptimo cozido. Ainda ocorreu uma pequena reunião de 3 gotas, onde se trocaram alguns conselhos anti-gotosos. Como sobremesa, umas voltas pela Barroca d'Alva e Hortas.
Aqui é que foi uma trabalheira, sempre a espetar os binóculos nos olhos ou a montar o telescópio, ora para ver bandos de 500 Plegadis falcinellus, ora para observar alguns cromos interessantes como Egretta alba, Threskiornis aethiopica (eu sei que deve ter fugido de algum gaiolão, mas não interessa), Ardeolla ralloides ou Motacilla alba yarrelli.
Neste momento alguns leitores, verdes de inveja, devem ter começado a chamar-me nomes mas cada um tem o que merece! Fica a promessa que o próximo fim de semana vai ser rico em actividades anilhadeiras.

3 comentários:

pqt disse...

Tambem vou lá estar.
Por isso, no após, juizinho bloggistico.

Fuzhong! disse...

Bwah-ah-ah (riso maléfico)!

PeF disse...

Epá, devia ter ficado para a sobremesa. Já há que tempos não vejo nem Papa-ratos nem Garça-branca-grande!
Abraço!
PeF