sábado, fevereiro 02, 2008

Pela boca morre o peixe

Ontem, na aula de IC, a que já cheguei atrasado, para não andar a puxar pelo miolo a decidir o que iria fazer, pedi ao Prof que me atribuísse trabalho. Ainda a 75 % de estar concluído, parece-me que me saiu na rifa um raio de peixe complicado como tudo e que, face ao original, este Blennius ocellaris parece mais um cachucho com sarampo. Mas vamos ver se, pelo menos, este fica completo e não se vai juntar aos 3456 projectos inacabados.

4 comentários:

pocahontas disse...

O peixe está a ir muito bem, vê lá se o acabas, não faças como a truta salmonada que a esta hora ainda está à espera de ter rabo.
Dizes que o teu peixe é difícil, então o que direi eu da tartaruga Caretta caretta, que me calhou na rifa. Ainda nem comecei, estou um bocadinho à nora e também não me apetece trabalhar.
Mas se quiseres, no fim, podemos trocar de galhardetes, tu farás a tartaruga e eu farei o mesmo peixe. O que achas? Aceitas o desafio?
Boa sorte e não te espalhes com as pintas, não te esqueças da máscara sempre ajuda.

Fuzhong! disse...

Não faças caretas à Caretta (piadinha fácil...)!
Aceito o desafio, claro mas preferia fazer uma tartaruga inteira em vez de só a cabeça...

Anónimo disse...

Então e o meu Dracena draco?!

Anónimo disse...

Ups, Dracaena draco.