terça-feira, maio 20, 2008

1º Curso de Vampiros

Finalmente, a crónica do fim de semana transacto. De certeza que há algumas pessoas a estoirar de curiosidade para saber a minha visão, sempre particular, dos acontecimentos. Pois então diz que se passou o seguinte, mais coisa menos coisa:
Nestes dias estive a dar um curso de formação a aspirantes a vampiros para aprenderem como recolher correctamente sangue para preparar belas cabidelas. Depois de juntar os 4 sobrinhos do pato Donald, o Sócio e o Dr. Salinas, rumou-se a Tornada, aquela bela localidade. Ainda houve tempo de fazer umas anilhadices mas o dever chamou mais alto e tive mesmo que ir dar as aulas. Que acabou por ser o menos interessante. Afinal o que interessa nisto tudo?
Interessa que almocei o belo polvo à lagareiro no "Pinheiro",
Que a seguir ao curso fomos estagiar nas mines e tramoço antes de passar ao bacalhau à cortiço no estabelecimento do mesmo nome,
Que mais tarde, já a cabecear de sono, ainda houve conversa noite fora, com alguém sempre a fazer considerações perfeitamente alucinadas e desligadas da realidade sobre gaivotas, cavalos e Puffinus - há sempre com cada cromo nestas actividades,
Que os beliches onde dormi despoletariam uma completa reacção de pânico em qualquer doente com claustrofobia ou uma ou duas hérnias discais,
Que ainda não se descobriu quem roncou feito um porco a noite inteira,
Que ainda consegui desenhar um Buteo, um Circus aeruginosus e uns coelhos que por lá andavam,
Que iam-me caindo os tomates ao chão quando vi que faltava uma coisa fundamental no material para as aulas práticas - digamos que num curso de vampirismo é muito mau faltarem os caninos afiados,
Que a arte de desenrascanço à la tuga continua a ser uma instituição admirável, se bem que tenha tido suores frios e perdido uns anos de vida enquanto esperava a encomenda de dentes vampirescos,
Que ainda houve tempo para ir comer churrasco de javali ao almoço,
Que estas actividades ultrapassam sempre o âmbito do mero curso e que o saldo é sempre positivo, sobretudo pela troca de experiências profissionais. Nada mau para a primeira edição Sr. Presidente e demais apaas presentes!

2 comentários:

pqt disse...

Já vi que gastronómicamente foi um portento, por isso prepara-te para o próximo por terras do leitão e da chanfana e espera-te um terceiro por terras dos ovos moles e das enguias.

Fuzhong! disse...

Não estou a perceber esta fama de comilão com que sou repetidamente brindado...
Mas o melhor é começar a tomar já o zyloric.