segunda-feira, agosto 25, 2008

Aldeia dos Macacos

Ao regressar da Figueira consegui convencer o Rodas a passar pelo festival Bons Sons ao pé de Tomar, que até ficava de caminho. Depois de andarmos perdidos pelas aldeias da zona e da mota dele começar a fazer ruídos pouco saudáveis, lá encontrámos a localidade de Cem Soldos.
E nada nos teria preparado para a visão dantesca que era aquele sítio: parecia que todos os freaks do país, quiçá da Europa, tinham convergido para aquele ponto para uma grande rasta-convention. Posso parecer preconceituoso ou velho jarreta mas não tenho nada contra rastas, colares de missangas ou djambés. Tenho sim, sérios problemas com pessoas sem conceitos de higiene pessoal, que não fazem nada da vida que andar a fazer malabarismos com bolas ou garrafas de vinho e que passam o dia completamente janados. Acreditem que vi cenas que me fizeram perder fé na humanidade e vou precisar de acompanhamento psicológico nos próximos tempos.
Mas até podia pensar que havia ali umas incongruênciazitas com telemóveis e cartões multibanco a fazerem contraste com os cabelos encardidos ou apanhar lixo do chão para comer e que se calhar aqueles meninos e meninas devem demorar o dobro do tempo a fazer as suas toilettes matinais às rastas do que eu demoro de manhã. Mas se calhar estou a ser demasiado cáustico e ainda vêm dizer que tenho maus-fígados (que tendo em conta a noite anterior até nem está muito longe da verdade).
O pior foi mesmo os olhares de fúria do Rodas que só não me abandonou no recinto porque tinha o capacete na mala do meu carro. A coisa só melhorou - e muito - com a actuação dos Roncos do Diabo. As gaitas de fole e o tambor, possuídos pelo demónio, fizeram esquecer os outros pormenores. Foi um bom concerto mas ainda assim, aquém da mítica actuação em Malhadas.
Ao fim do último acorde saímos dali para fora o mais depressa possível e regresso para Lisboa a toda a velocidade.
Um conselho: no futuro, quando vos convidar para um concerto ou festival, desconfiem e vão investigar. Eu vou fazer o mesmo.

1 comentário:

Taxonomys disse...

Será contagioso??? Poderemos ter em breve uma epidemia de tal ordem de grandeza que terás de mudar o título para «Planeta dos Macacos»?