terça-feira, março 31, 2009

Batem leve, levemente...

Que agradável que foi ter a polícia a tocar à porta à meia-noite. Ainda mais divertido foi saber que tinha o vidro traseiro do carro partido. Que alegria foi estar a colar plásticos para tapar o estrago a meio da noite. Euforia foi andar à procura de uma garagem para guardar o carro durante a noite e o êxtase total foi, após 3 horas de sono, ter de tratar das papeladas de seguro e da reparação. Minha cara carroça, este não está a ser um bom ano para ti.
Como nem tudo é mau, e para equilibrar o mau karma desta noite malfadada, não desapareceu nada e não paguei nada na garagem.
Apesar disso, espero do fundo do fígado que os filhos das putas que andaram a jogar ao alvo com o meu carro, potenciais larápios ou meros vândalos, tenham ficado com uns quantos estilhaços espetados nos olhos ou que tenham engolido, sem querer, uns quantos bocadinhos de vidro e que por esta hora, enquanto se esvaem em sangue pelos vasos hemorroidais, estejam amargamente arrependidos de semelhante acto.
Num mundo perfeito... payback's a bitch! Pelo menos, posso sonhar que sim.

3 comentários:

Flicts disse...

Com sorte, um deles ainda re-encarna num animal que te venha parar às mãos. Ou num ciclista.

Pintinhas disse...

nao terá sido a tua mais recente "amiginha" com o picador de gelo? hehehe

S. C. disse...

Hihihi,
esta teve piada!