terça-feira, março 17, 2009

Direito de resposta

E a telenovela continua... Como neste momento estou a um passo de me tornar o anti-cristo e como estou no direito de escolher quem quero ou não conhecer e ainda penso que tenho alguma autonomia criativa sobre o que aqui se escreve, passo a transcrever a mais recente mensagem da nossa amiga - não censurada mas com os devidos comentários da direcção -, de modo a poderem apreciar a invasão intergaláctica de mensagens alienígenas que se deu nos bastidores durante as últimas semanas:
"Tinha pensado para mim mesma não responder, mas não posso deixar de comentar o que penso sobre ti:"
Tinha sido um descanso para todos não ter enviado uma mensagem sequer. É aqui que devo começar a tremer de medo com o que uma pessoa que não conheço de lado algum vai dizer sobre a minha pessoa. uuhh!
"Os meus 38 anos e experiências de vida, já ultrapassaram a muito os corredores da secundária"
Tenho certas dúvidas já que a atitude "agora vou amuar porque os meninos são maus e não querem brincar comigo" não denota muita maturidade. E creio que é "" do verbo haver.
"Acho que ainda és um puto, mal formado (socialmente)..."
Sempre tentando manter o espírito jovem! E claro que é muito mais normal (socialmente) conhecer pessoas enviando mensagens alucinadas para um blog.
"...e com recalcamentos que envenenam o mais comum dos mortais (mas gostas de ser assim, é uma defesa, certo?)"
Sempre sou o Dr. Veneno, certo? Há uma reputação a manter. Isso chama-se sarcasmo e costuma ser uma defesa mais ou menos eficaz contra pessoas parvas. E sim, adoro ser assim (gargalhada maquiavélica).
"Pois enganei-me, ainda bem que não te conheci mais…. "
Ufa! Demorou quase 3 meses mas por fim chegámos à mesma conclusão! Não deixo, contudo, de achar curioso agora cuspires no pão recheado com queijo e cenas que querias comer...
"Ainda morria por envenenamento"
Estricnina? Dicumarínicos? Batracotoxinas? Penas de Pitohui spp.? Whatever!
Tcharam! Esperem só um bocadinho enquanto vou ali chorar um bocadinho de remorsos. E foi este, espero, o capítulo final deste folhetim. Uma última coisa:
Get over it!

3 comentários:

Flicts disse...

Bolas! Queria ter sido eu a corrigir o erro ortográfico... mas, atenção, há uma vírgula mal colocada no segundo parágrafo escrito pela tua fã (gesto que ambos conhecemos). Ahaha
Eu, no teu lugar, agora insistiria em conhecê-la, mandar-lhe ia mensagens carinhosas e dengosas todos os dias, até se fartar. :)
BTW, gostei do teu blog

Sócio disse...

Daaaa-se...

Agora até fiquei com pena de conhecer apenas estes pequenos capitulos desta novela.

Aposto que daria um excelente romance (ou não, daqueles que no fim todos choram com a morte da "artista"), ou mesmo um verdadeiro thriller, digno de um prémio pulitzer.

Abraço e HAJA PACIÊNCIA.

Pintinhas disse...

Eu já estou a imaginar alguém com um picador de gelo na mão!!!

Espero que a sra nao saiba onde vives... MEDO!

E espero que ela possa ler isto: és das pessoas mais bem formadas que conheço e com imenso sentido de humor que vem claro acompanhado de risadas ensurdecedoras!
Acima de tudo és um amigo 5 estrelas!