quinta-feira, abril 26, 2007

Que bonzinhos que nós somos...

No outro dia fui beber café com uns amigos ao Procópio, que um deles definiu como "o sítio onde iria se engatasse uma MILF". Isto sem sentido pejorativo, mas apenas para terem uma ideia do ambiente (que até era bem agradável), da faixa etária da clientela (a nossa presença conseguiu baixar a média de idades para uns juvenis 43 anos) e do preço das bebidas.

Após umas horas de amena cavaqueira lá mandámos vir a conta, onde não vinham cobradas algumas coisas. E foi aí que começou um pequeno dilema moral: "Dizemos que faltam cobrar coisas ou saímos de fininho?" e foi ver-nos com um diabinho e anjinho em cada ombro a dizer-nos o que fazer.

Como jovens responsáveis que somos, lá acabámos por pagar, isto sem deixarmos de ouvir os diabinhos gritar em coro: "OTÁRIOS!!"

Espero sinceramente que algum leitor do Guia de Campo seja funcionário do bar para que numa próxima visita nos faça um generoso desconto na conta... Será isto sinal de maturidade? É que até há bem pouco tempo, numa situação semelhante, era ver-nos a dar às pernas para sairmos o mais rápido possível do local sem pagarmos o que devíamos.

mas também é como eu dizia; uma boa acção desta vale por um ou dois meses de patifarias. Por isso, cuidado connosco!

1 comentário:

Pelicano disse...

O Sr. Luís do procópio é o melhor empregado de bar em Lisboa!